Cinco falsos amigos da língua inglesa

Vejamos alguns falsos amigos vindos directamente da ilha dos nossos mais antigos aliados: Actually Não, não quer dizer “actualmente”. Na realidade, quer dizer “na realidade”. Realmente… Cigar Nestes dias em que o fumo já é quase um tabu, talvez não seja de bom-tom referir este falso amigo, mas aqui fica: um “cigar” não é um cigarro, mas também se fuma: é um charuto. Excited Por estes dias, haverá muito americano a declarar-se “excited” com a possibilidade de comprar legalmente os charutos vindos de Cuba. Ora, um americano “excited” não será o mesmo que um português excitado. Estará, antes, “entusiasmado”. Admito que este não … Continuar a ler Cinco falsos amigos da língua inglesa

A(s) língua(s) chinesa(s)

A língua chinesa é uma realidade complexa. Para os linguistas, não é possível falar de uma só língua chinesa: as diferenças entre os dialectos chineses são maiores do que as diferenças, por exemplo, entre línguas latinas (embora seja difícil comparar “diferenças”). Para uma empresa que queira entrar no mercado chinês, convém saber alguns dados sobre a realidade linguística do país: No que toca à escrita, existe o “chinês simplificado”, versão oficial na República Popular da China (RPC), e o “chinês tradicional”, versão oficial em Taiwan (país que, oficialmente, se denomina “República da China” — e não é reconhecido pela RPC), … Continuar a ler A(s) língua(s) chinesa(s)